Os pneus e a relação com o eixo

 

A legislação atual permite o uso de diferentes tipos de pneus no mesmo veículo, desde no mesmo eixo sejam sempre equipados pneus do mesmo tipo.

 

Por tipo de especificações:

  • Fabricante;
  • Dimensão;
  • Jante;
  • Índice de carga;
  • Código de velocidade;
  • Estrutura;
  • Categoria de uso (terra, especial, neve ou para uso periódico).

Uma montagem homogênea nos dois eixos permite um veículo equilibrado em qualquer situação de condução.

Pneus de diferentes fabricantes têm normalmente diferentes componentes e as bandas de rodagem são também compostas por materiais distintos.

 

Situações em que tal se verifica podem resultar, especialmente em curvas e em condições de baixa aderência (chuva ou neve), a subviragem ou a sobreviragem, que podem ser causadas pelas diferentes deformações laterais da estrutura dos pneus ou pelos diferentes coeficientes de fricção (GRIP).